UTFPR Idiomas

5. Certificação

Cada campus terá autonomia para desenvolver um plano político-pedagógico, em conformidade com as diretrizes básicas estipuladas pelo Projeto, observando como critério o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (Common European Framework of Reference for Languages – CEFR). O CEFR corresponde a um padrão internacionalmente reconhecido para descrever a proficiência em um idioma, sendo uma forma de quantificar o desempenho de um aluno em língua estrangeira, categorizado em três níveis (básico, independente e proficiente), cada um com duas subdivisões. Para cada nível de aprendizagem, o quadro de referência estipula uma carga horária mínima de instrução formal da língua, bem como apresenta descritores que determinam o conteúdo mínimo (saber-fazer) que o aluno deve dominar para se enquadrar nos respectivos níveis.   O aluno receberá uma declaração de conclusão e aproveitamento para cada nível finalizado com sucesso.